Sonho No Sonho

 

Maré

Quis soltar o cabelo
Colocar o seio em minha boca
E nutrir a palavra recém-nascida.

Quis abrigar o grito
Tirar os móveis da sala
E multiplicar o eco mais profundo.

Quis abrir as janelas
Acariciar a direção do vento
E apontar um sentido para esta vida.

Quis marchar até o mar
Libertar os navios dos portos
E invadir o absurdo do mundo.

 

Ver o post original