por Tody Macedo

por TODY MACEDO

Vou ficar olhando o tempo passar

entre a linha do horizonte,

passeando no meu querer que voa pra bem longe!

Longe dentro de mim, dentro do querer.

Vou ficar pensando em como foi bons ter um brilho que abstrai,

que atrai,

que não sai da minha memória.

Um sorriso que me trai, que não escondo mais…

Eu já sorri quando a dor me torturou,

agora sorrio sem motivo – 

a esmo!

Fico meio distante,

num dia que me atou,

colou os pés nas mãos,

e agora voo só com a imaginação!!!