por Tody Macedo

O que é realmente o passado?

A própria palavra já diz tudo.

Figuras remotas de verso mudo,

Inconstante, de brilho roubado.

.

Não quero mais perder-me em ti.

Corri de qualquer maneira.

Foi brincadeira de poltergeist,

Que ainda não abati.

.

Some fantasma de horror,

Entre mim e ti restou o torpor.

Pelo ralo se foi o rancor

Mas nunca mais estou a dispor.