por Tody Macedo

Onde estão minhas asas?

Meus vôos estão limitados, cerrados

Num emaranhado de galhos na relva

Me diga se ainda posso calar

Minhas palavras se soltaram

E as asas roubaram pra se encontrar


Onde estão minhas asas?

Elas não provocam mais o vento

Elevam meus versos perdidos

Me diga onde se encontram

Minutos que me fogem dos dedos

Emoções que me assombram


Onde estão minhas asas?

Não é uma melodia que vai me libertar

Subindo numa escada até o céu

Me diga o último encanto

Magia de um coração que me trai

Deixe o sorriso, leve o pranto