por Tody Macedo

Quando tentamos abafar o fogo do coração, até conseguimos fazer com que não o vejamos por um certo dado de tempo. Mas quando permitimos que esse fogo volte, ele retorna com uma força maior que nunca imaginamos que pudesse existir.

Não é para estarmos tristes por sentirmos tanto. Não é uma desolação. É uma consolação.

O calor do coração não nos deixa na frieza que o mundo tanto quer.