por Tody Macedo

Feche tudo para a tempestade…
Deixe tudo aberto para a brisa…
Ao ruidar não mostre a metade
Escancare completa poetisa
E pisa em passos lentos na cidade fria
De inverno que inebria os meus inventos.