Por Tody Macedo

Deixa-me amar…

Na minha canção, na minha poesia

Nos meus versos, na minha ironia

Deixa-me amar em você o que ainda não percebi

A nuance do matiz em pôr-do-sol

Nos contrastes amassados do lençol

Deixa-me em você

Amar feito criança – crescer

Pousar feito pássaro,

Feito luz do clarão da lua,

Feito sonho que faz empalidecer

Canta canção…

Versos jargão…

Sentimento prisão…

Amor paixão!!!