Por Tody Macedo

Passa dia, passa dia… quero ver a lua passar lá no alto da serra..

Lá onde os sonhos fazem guerra, onde eu não quero acordar.

Foge dia, pra perto de mim, pra junto dela, onde a água corre, um cantinho que eu possa me banhar.

Leva pra longe esse vento cálido, que me rouba a morena linda dos meus olhos. Leva pra longe esse rosto pálido que me tira o sono, que faz sonhar acordado, junto ao sol um corte na pele odor queimado.

Passa dia, passa noite… quero as estrelas nos olhos d’água. Escuro caminho, rasos, lágrima que afaga… passa feito mágoa.

Passa noite até o sol ascender, do alto estourar mais um balão, mágico clarão.

Passa sol, passa lua… embala mais uma canção!