Por Tody Macedo

Violão = essência que acalenta minh'alma

Falar sem palavras no escuro!

Ouvir sem melodias na canção!

Tudo no silencio. Suas palavras e suas melodias.

Tira-me um suspiro ao olhar.

Suspende-me o pulsar ao sorrir.

Simples apnéia em mim ao perfume melódico.

No escuro fechei os olhos. Ali, luz…

Na canção procurei no tato, me perdi na emoção de uma canção que não tateava meu ser.

Uma música encantando na mais simples melodia…

Que não permitia ouvir, sentir, cheirar, tocar, degustar…

Sentir sem palavras no horizonte!

O espinho que rasga o céu. Que rasga com os raios no deitar do dia.

Que abre as suturas quando se degusta o silêncio, mesmo

Sem falar, sem ouvir, sem sentir nem cheiro nem dor…

Degustar sem haver sentidos!

06082010